Artistas apoiados pela empresa:

 

- Ado Malagoli

- Britto Velho

- Eduardo Vieira da Cunha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ado Malagoli

1906, Araraquara, SP
1994, Porto Alegre

A Vida do Mestre

Fez seus estudos iniciais na Escola Profissional Masculina, onde se diplomou em artes decorativas. Cursou, a seguir, o Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, cujos estudos terminou com distinção. Transferiu-se para o Rio de Janeiro, ingressou na Escola de Belas Artes e no antigo Núcleo Bernardelli. Durante dois anos cursou o Fine Artes Institution of the University of Columbia, nos Estados Unidos, onde realizou estudos de História da Arte e Museologia. Como hóspede do state Department of Washington, viajou por todo o território americano, em visita aos centros culturais e artísticos do país.
Ado Malagoli, paulista de nascimento, gaúcho de adoção, veio residir em Porto Alegre a partir do ano de 1953, mantendo, desde sua chegada, seu atelier particular de pintor.
A partir de então, são várias e bem sucedidas as atuações deste artista em nosso meio. Sua permanência na Divisão de Cultura da Secretaria de Educação do Estado veio colocá-lo como o primeiro diretor do Museu de Arte, então criado, adquirindo obras que continuam sendo o orgulho de seu Acervo.
Contratado para lecionar no Instituto de Belas Artes da Universidade Federal do rio Grande do Sul, Malagoli assume no ano de sua chegada, 1953.
Vindo do Rio de Janeiro e de realizações bem sucedidas, trazia consigo uma boa dose do humor carioca. Chegou pronto a inovar no ensino e na programação artística da cidade.
É importante frisar que Ado Malagoli implantou, em nosso meio, a consciência do artista. A consciência no sentido de arte trabalho, arte compromisso, arte profissão.
Empenhou-se na formação de grupos, dando-se sem egoísmos, lutando lado a lado com os que se iniciavam. Trazia sua experiência do Grupo Bernardelli, do Rio, ao qual pertencera.

A proposta de modernidade conduziu Ado Malagoli na sua opção pela pintura, na atuação no Instituto de Artes e na definição dos primeiros anos do Museu de Arte do Rio Grande do Sul. Na verdade, o artista paulista não concordava com alguns pressupostos modernistas de 22, mas não admitia o academicismo reinante na década de 30, quando cursou a Escola Nacional de Belas Artes. Nessa época, participou do Grupo Bernardelli, que ajudou a consolidar o modernismo no Rio de Janeiro. Antes de fixar residência em Porto Alegre, no início dos anos 50, Malagoli participou da primeira Bienal de São Paulo, acompanhando as polêmicas provocadas pela discussão da arte abstrata. No Rio Grande do Sul, o artista tornou-se uma influência obrigatória no ensino da pintura, influenciando a geração que freqüentou o Instituto, na época de Belas Artes. O crítico Armindo Trevisan associa a modernização do ensino do Instituto de Artes à entrada da terceira geração de professores no início da década de 50, com Ado Malagoli e Aldo Locatelli. A total ausência de restauradores, no Brasil, levou o artista, alguns anos antes, aos Estados Unidos, para estudar pintura, museologia e restauração. Ele mesmo restaurou algumas peças do acervo do MARGS e da Santa Casa.
Ao mesmo tempo em que empenhava-se na modernização do ensino acadêmico, Malagoli vislumbrou a necessidade de atualizar o sistema artístico local com o nacional. Em 1954, assinou o decreto de fundação do Museu de Arte do rio Grande do Sul, preocupando-se em constituir um acervo significativo e estabelecer uma programação ágil. No início, o MARGS não tinha sede fixa, mas a primeira exposição, de Arte Brasileira Contemporânea, definiu os rumos da entidade e garantiu a prática institucional das artes no sul acima das rivalidades locais, segundo o comentário do crítico Carlos Scarinci. Em 1957, o museu ocupou o foyer com teto rebaixado e iluminação especial do Teatro São Pedro. Lá, Malagoli costuma dar conferências na frente dos quadros, auxiliado por estudantes de história da arte. Ele conquistou até o público fiel dos concertos que, nos intervalos, subia até o foyer.
Para adquirir as obras, o diretor conseguiu verba especifica do governo do estado. Comprou Vasco Prado, Weingärtner, Alice Soares, Brüeggemann, Hofstetter, Fahrion, Ângelo Guido, Corona, Castañeda, procurando formar um catálogorepresentativo da arte no Rio Grande do Sul. Malagoli disputou, inclusive, um lote de uma coleção particular com o MASP, trazendo para o sul telas de artistas estrangeiros. Suas aquisições também causavam polêmica na cidade. A compra da tela O Menino do Papagaio de Portinari provocou muita discussão do público ligado às artes plásticas.
Do seu diretor-fundador, o MARGS possui no acervo um desenho e os óleos O gato Preto, Cabeça de Garoto, Ruínas, Tropical, além das telas Retrato de Ruth, em usufruto da viúva Ruth Malagoli, e Estudo de Paisagem, em usufruto do casal Raul e Mila Cauduro. Malagoli se considerava essencialmente figurista. Acreditava que os seus casarios eram humanos. No texto O Artesão de Sonhos, o crítico José Luiz do Amaral argumenta que foi no sul que o pintor desenvolveu a parte mais madura de sua obra: “os casarios e as ruínas, de um expressionismo profundo que às vezes abre-se ao abstracionismo; a tensão intimista das naturezas-mortas, por vezes com vôos surrealistas; a força contundente de suas figuras mais fortes e o lirismo de suas paisagens.” Malagoli relacionava o sul com uma vertente importante da sua obra: para o artista, a paisagem gaúcha era mística, feita apenas do essencial.



Exposições, prêmios e datas importantes:

Principais Individuais:
1946 – Galeria Careen Gems, Nova Iorque (EUA);
1963 – Galeria Domus, Porto Alegre, RS;
1965 – Galeria Oca, Rio de Janeiro, RJ e São Paulo, SP;
1966 – Galeria Leopoldina, Porto Alegre,RS; Galeria Oca, Rio de Janeiro, RJ;
1967 – Galeria Leopoldina, Porto Alegre, RS;
1971 – Esphera Galeria de Arte, Porto Alegre, RS;
1974 – Galeria de Arte AMI (MG);
1975 – Galeria Guinard, Porto Alegre;
1979 – Galeria de Arte da Associação Leopoldina Juvenil, Porto Alegre;
MARGS, Porto Alegre; Galeria Cambona, Porto Alegre, RS;

Principais Coletivas:
1934 – Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ;
1938 – Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ;
1939 – Feira de Nova Iorque (EUA);
1942 – Salão Nacional, RJ;
1947 – Salão de Outono, Paris (França); Galeria Müller (Argentina);
Riverside Museum de New York, como representante do Brasil na Exposição Interamericana;
Fine Arts, Instituto de New York (EUA);
1949 – Salão Nacional, RJ;
1951 – I Bienal de São Paulo (SP);
1955 – VI Salão de Belas Artes do RGS, RS;
Museu Nacional de Belas Artes, RJ;
1957 – Salão de Outono, Paris (França);
1963 – Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, SP;
1969 – MAM, São Paulo, SP;

Prêmios:
1938 – Medalha de Bronze, Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ;
1942 – Prêmio Viagem ao estrangeiro, Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ;
1949 – Prêmio Viagem ao País, Salão Nacional, Rio de Janeiro, RJ;
1955 – Medalha de Prata,VI Salão de Belas Artes do RGS, RS;
1963 – Medalha de Bronze, Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, SP;

Exposições In Memória:
2004 – Museu de Arte do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS;
2007 – Museu Oscar Niemayer, Curitiba, PR;

fonte: http://www6.ufrgs.br/acervoartes/modules/news/article.php?storyid=17


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Carlos Carrion de Britto Velho

EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS

1. 1971/72
a. Galeria Pancetti – Porto Alegre – RS

2. 1973
a. Galeria Itália – São Paulo – SP
b. Galeria Van Riel – Buenos Aires – Argentina
c. Galeria Gerdau – Porto Alegre

3. 1976
a. Galeria Eucatexpo – Porto Alegre – RS

4. 1978
a. Galeria Centro Comercial Porto Alegre –RS

5. 1980
a. Galeria Macunaíma – Rio de Janeiro – RJ
b. Galeria Independência – Porto Alegre – RS

6. 1982
a. Kraft Escritório de Arte – Porto Alegre – RS

7. 1984
a. Galeria Teatro Mágico – Porto Alegre – RS

8. 1985
a. Cambona Centro de Arte – Porto Alegre – RS
b. Tema Arte Contemporânea – São Paulo – SP

9. 1987
a. Tema Arte Contemporânea – São Paulo – SP

10. 1988
a. Paço das Artes – São Paulo – SP

11. 1991
a. Espaço Cultural BFB – Porto Alegre – RS
b. Bolsa de Arte de Porto Alegre – RS
c. MASP – São Paulo – SP
d. Museu Nacional de Belas Artes

12. 1994
a. Museu de Arte Moderna – São Paulo – SP
b. Mônica Filgueiras Galeria de Arte – São Paulo – SP
c. Bolsa de Arte – Porto Alegre – RS
d. Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre

13. 1996
a. César Prestes Arte – Porto Alegre – RS

14. 1997
a. Sylvio Nery da Fonseca Escritório de Arte – São Paulo - SP
b. MAVRS – Passo Fundo – RS

15. 1998
a. Galeria Gestual – Porto Alegre – RS

16. 1999
a. Casa da Cultura – Fundação Cultural – Joinville – SC
b. Museu Brasileiro da Escultura – MUBE – São Paulo – SP
c. Centro Cultural APLUB – Porto Alegre – RS

17. 2000
a. Hotel Serrano – Gramado – RS
b. Espaço Arte Univates – Lajeado - RS

18. 2002
a. Espaço Cultura – Aeroporto Salgado Filho – Porto Alegre – RS
b. Bolsa de Arte de Porto Alegre – Porto Alegre – RS
c. Meta 29 Espaçoarte – São Paulo – SP

19. 2004
a. Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS
b. Inauguração Casa da Cultura Persy Vargas de Abreu e Lima – Galeria Municipal de Artes- Caxias do Sul – RS

20. 2005
a. Muffuletta – Espaço Cultural –Porto Alegre - RS

21. 2006
a. Galeria Arte Quadros – Caxias do Sul – RS

22. 2007
a. Exposição Colorindo – Galeria da Vera – Porto Alegre - RS


EXPOSIÇÕES COLETIVAS

Além de ter participado de Salões Oficiais e Bienais, CARLOS CARRION DE BRITTO VELHO, expôs, a convite, coletivamente em Porto Alegre, Gramado, São Paulo, Zurich ( Galeria Semilha Huber ), Caxias do Sul, Rio Pardo, Lisboa (Galeria Arco), Maranhão, Montevidéu (Club Del Grabado) e Washington ( Cinco Pintores Gaúchos – Instituto Cultural Brasileiro Americano).

1982
Panorama das Artes no Sul – Espaço Cultural Yázigi – Porto Alegre - RS

1982/83
Arte Gaúcha Hoje – Mostra Itinerante pelos Estados: Galeria Oswald Goeldi – Distrito Federal – Brasília;
Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre e mais oito cidades do Estado do Rio Grande do Sul

1983
Do Passado ao Presente – 100 Anos de Artes Plásticas do Rio Grande do Sul – Galeria Cambona – Porto Alegre – RS;
Coletiva de Arte Nacional – Kraft Escritório de Arte – Porto Alegre – RS

1984
Vamos Colorir a Cidade – Outdoor a convite da Rede Brasil Sul de Comunicação – Porto Alegre – RS;
Lixo de Atelier – Espaço Cultural Yázigi – Porto Alegre – RS
Estágio Armazém de Arte – Porto Alegre - RS
Gaúchos no Espaço das Artes – São Paulo – SP
Gaúchos na Galeria do IBEU – Rio de Janeiro – RJ

1985
Pintores Gaúchos – Centro Cultural Bonfiglioli – São Paulo – SP
Ontem – Hoje - Amanhã – Tema Arte Contemporânea – São Paulo – SP
100 Anos do Automóvel – Galeria Bolsa de Arte – Porto Alegre – RS

1987/88/89
Projeto Extremos – Exposição itinerante Espaço Cultural Cásper Líbero, São Paulo – SP; Museu de Arte Moderna da Bahia, Salvador; O cavalete Galeria de Arte, Salvador; Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco, Olinda; Gabinete de Arte Brasileira, Recife; Museu da Universidade Federal do Pára, Belém; Galeria de Arte Liberal, Belém; Galeria Anna Maria Niemeyer, Rio de Janeiro – Oscar Seraphico Galeria de Arte, Brasília; Museu de Arte de Belo Horizonte, Belo Horizonte; Manoel Macedo Galeria de Arte, Belo Horizonte; Galeria Bolsa de Arte, Porto Alegre; Museu de Arte de Santa Catarina, Florianópolis; Espaço de Arte, Florianópolis; Museu de Arte Contemporânea do Paraná, Curitiba;
Coletiva XIV Anos Oscar Seraphico – Galeria de Arte Brasília – Distrito Federal

1988
A ousadia da forma – Galeria Anna Maria Neimeyer – Rio de Janeiro – RJ
Coletiva de Natal - Dreer Galeria de Arte – DF – Brasília
Pintura Autóctone – Chroma Galeria de Arte – São Paulo – SP

1990
O Desenho no Rio Grandc do Sul na Década de 70 – Fundapel – Pelotas – RS
Exposição de Gravuras – Museu Nacional de Belas Artes – Rio de Janeiro – RJ
Exposição de Gravuras – Parque Lage – Rio de Janeiro – RJ
Galeria Marisa Soibelmann – Porto Alegre – RS
Leilão de Arte Brasileira – Maksound Plaza – São Paulo – SP
Gente de Fibra – Sesc Pompéia – São Paulo – SP

1991
Grandes Formatos – Museu de Arte Moderna – São Paulo – SP
Coletiva de Gravuras no BFB – Porto Alegre – RS
Atelier Livre 30 Anos – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS

1992
360° de Pintura Agora no MAC – Porto Alegre – RS
Exposição Brasil Hoje – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – MARGS – Porto Alegre – RS
Leilão Sociedade Amigos do Museu – São Paulo – SP
Arte Contemporânea Destaque no Sul – Edel Trade Center – Porto Alegre – RS
V Salão Gaúcho de Decoração – Galeria Climatex – Porto Alegre – RS
Coletiva Pinacoteca Municipal Aldo Locatelli – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – MARGS – Porto Alegre – RS
Coletiva de Natal – Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre – RS

1993
O Olhar Contemporâneo Descentramento e Posição – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS
Pintura Mais Representação – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS
Projeto Aquisição – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – MARGS – Porto Alegre – RS
Arte sobre Papel – Pequenos Formatos – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS
Pontos de Encontro – Fundação Cultural de Canela – RS

1994
A Arte e a Bola – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS
Time Verde Amarelo – Galeria Center Park Hotel – Porto Alegre – RS
Projeto Relógio de Sol – Café Concerto Majestic – Casa de Cultura Mario Quintana – Porto Alegre – RS

1995
Águas de Março – Homenagem a Tom Jobim e Elis Regina – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS
A Arte do Desenho – Exposição Itinerante pelo Rio Grande do Sul
A Arte da Gravura – Exposição Itinerante pelo Rio Grande do Sul
Coletiva Espaço Cultural Encol – Porto Alegre – RS
A Arte vê a Moda – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS

1996
A Janela do Artista – Galeria Mosaico – Porto Alegre – RS
Coletiva – Novo Espaço de Exposições da Casa de Cultura Mario Quintana – Porto Alegre – RS
Primeira Exposição Internacional de Esculturas ao Ar Livre – SESC - Porto Alegre – RS
Primeiro Porto Alegre em Montevidéu – Artistas Contemporâneos – Centro de Exposiciones Átrio – Montevidéu – Uruguai

1997
Dois Artistas no Espaço de Arte 24 de Outubro – Porto Alegre – RS
Cinco Dimensões – César Prestes Arte – Exposição integrada à I Bienal de Artes do Mercosul – Porto Alegre – RS
Arte no Conjunto Nacional de São Paulo, em comemoração aos quarenta anos do espaço – São Paulo – SP

1998
Arte em la Calle – III Porto Alegre em Buenos Aires – Argentina
Olhares sobre Cyro Martins – Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS

1999
Big Século XX – Grandes Formatos – Galeria Gestual – Porto Alegre –RS
Homenagem Jacques Cousteau – Espaço de Artes da Reitoria da PUC- RS – Porto Alegre – RS
Desde e Sempre Desenhos – Atelier das Massas – Porto Alegre – RS
Exposição de Artistas Uruguaios, Argentinos e Brasileiros – Centro de Artistas Plásticos – Montevidéu – Uruguai

2000
Quien Soy – Exposição Itinerante – Girona – Casa de Cultura do Museu de Arte de Hirona – Sala de Exposição da Livraria Blanquerna – Madrid – Espanha
Galeria Iberê Camargo, Usina do Gasômetro – Porto Alegre – RS
Figura na Pintura – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS

2001
Artistas que Fizeram o Festival – Exposição dos Quinze anos do Festival de Inverno do Atelier Livre – Usina do Gasômetro – Porto Alegre – RS
Fertilitat 10 anos – Bolsa de Arte de Porto Alegre – RS
Figura na Pintura – Galeria Sotéro Cosme – Porto Alegre – RS
15 Anos – Galeria da Vera – Porto Alegre – RS
Pintura Gaúcha 1960-2000 – Centro de Cultura APLUB – Porto Alegre – RS
Pintura – Bolsa de Arte de Porto Alegre – RS
Coletiva 80 anos Jungbluth – Museu do Trabalho – Porto Alegre – RS

2002
Coletiva Rodadas de Negócios Brasil/Uruguai – Conrad – Punta Del Este – Uruguai
Correndo Risco II – Museu do Trabalho – Porto Alegre – RS

2003
Artista Presente – Litografias para Porto Alegre – lançamento do Álbum Litográfico – Centro Municipal de Cultura – Porto Alegre – RS
Arte – Galeria de Artes do Grêmio Náutico União – Porto Alegre – RS
Pintores no Solar – Secretaria de Estado da Cultura – SEDAC – Porto Alegre – RS
Porto Alegre em Foco – Pinacoteca Barão de Santo Ângelo – Instituto de Ares – UFRGS – Porto Alegre – RS
Empório Artístico 450 – Pateo do Colégio São Paulo – SP

2004
Integrando o Projeto Releitura – Museu Julio de Castilhos – Porto Alegre –RS
Quarenta – Homenagem aos 40 anos de Zero Hora – Casa de Cultura Mario Quintana – Porto Alegre – RS
Pinacoteca do Navegador – Garagem de Arte – Porto Alegre – RS
Ano XVIII – Galeria da Vera – Porto Alegre – RS
Uma Viagem de 450 Anos - SESC Pompéia – São Paulo – SP
O Brasil dos Gaúchos – Centro Cultural Correios – Rio de Janeiro – RJ

2005
Gravadores Gaúchos – Galeria D’Art François do Centro Franco-Brasileiro – Paris – França
Um dia de Arte – Condomínio Terraville – Porto Alegre – RS

2006
Projeto Arte Saiko – Porto Alegre – RS
011ZE – Mallmann Arte Contemporânea – Porto Alegre – RS

2007
Um Livro para Porto Alegre – Centro Cultural Usina do Gasomentro – Porto Alegre - RS

PROJETOS ESPECIAIS

1990
Gente de Fibra – Artista Convidado a realizar o cartaz da exposição – SESC Pompéia – São Paulo – SP

1992
Projeto Obras em Evidencia – Museu de Arte Contemporânea – MAC – Porto Alegre – RS

1993
Projeto Presença – Obra do artista em destaque no museu – Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS – Porto Alegre – RS

1994
Jornal da Copa Zero Hora – Ilustração para o Caderno Especial – Porto Alegre – RS

1997
Obra em destaque – Birra & Pasta – Porto Alegre – RS

1999
Tercer Encuentro de Artistas Plásticos – Artistas Palestrante – Centro Cultural MEC – Ministério de Educacion y Cultura Del Uruguai – Montevidéu – Uruguai

2001
Fórum Social Mudial – Artista convidado para pintar totem – Porto Alegre – RS

2002
Fórum Social Mundial – Artista convidado para pintar o muro da Av. Mauá – Porto Alegre – RS
Encontro com o Artista – Espaço Cultural Yázigi – Sonilton Alves – Porto Alegre – RS
Comenda Pedro Weingärtner – Concedida pela Câmara Municipal de Porto Alegre – RS
Pintura Cabine Telefônica – Artista convidado – Porto Alegre – RS
Artista Convidado a Realizar Lançamento de Nova Serie para Joalheria Coliseu – Porto Alegre - RS

2005
Inauguração do Encontro com a Arte no Paço Municipal – Gabinete Prefeito Jose Fogaça – Porto Alegre- RS

OBRAS EM MUSEUS

Museu de Arte de São Paulo – SP
Museu de Arte Moderna de São Paulo – SP
Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro – RJ
Pinacoteca da FUNARTE – Rio de Janeiro – RJ
Museu de Arte de Santa Catarina – Florianópolis – SC
Museu de Arte do Rio Grande do Sul – Porto Alegre – RS
Museu de Arte Contemporânea de Porto Alegre – RS
Pinacoteca Municipal de Porto Alegre – RS
Pinacoteca da APLUB – Porto Alegre – RS
Museu de Artes Visuais – Passo Fundo – RS

PRINCIPAIS SALÕES

1971
V Salão Cidade Porto Alegre – Porto Alegre – RS

1974
VI Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte – MG
XXIII Salão Nacional de Arte Moderna do Rio de Janeiro – RJ
III Mostra de Artes Visuais – Rio de Janeiro

1976
Bienal Nacional de São Paulo – SP
VII Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo – SP
III Caixego – Goiás

1977
Panorama da Arte Atual Brasileira – Museu de Arte Moderna de São Paulo – SP
XXXIV Salão Paranaense – Curitiba – PR
IX Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte – MG
IV Salão Nacional de Artes Visuais de Porto Alegre
IV Caixego – Goiás

1983
XXXVI Salão de Artes Plásticas de Pernambuco – Museu de Estado de Pernambuco – Recife – PE
40° Salão Paranaense – Teatro Guairá – Curitiba – PR
VI Salão Nacional de Artes Plásticas – Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro – RJ
V Mostra de Desenho Brasileiro – Artista convidado – Museu de Arte Moderna de São Paulo – SP

1984
7° Salão Nacional de Artes Plásticas – Rio de Janeiro – RJ
II Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo – SP

1986
VII Mostra de Gravura Cidade de Curitiba – PR
IV Salão Paulista de Arte Contemporânea – São Paulo – SP
Segunda Bienal de Havana – Cuba

1993
Panorama da Arte Sul /93 – Artista convidado – Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS – Porto Alegre – RS

1996
Panorama da Arte Sul /96– Artista convidado – Museu de Arte do Rio Grande do Sul Ado Malagoli – MARGS – Porto Alegre – RS

MATERIAS EM REVISTAS
Revista Vogue – Ano 12, n° 3 – Radha Abramo
Galeria Revista de Arte – n° 10 e n° 26
Guia das Artes – Ano II n° 8
Guia das Artes – Ano V n° 25
Revista Veja Nacional – Ano 24, n° 29 – Mario Néri
Revista Veja São Paulo – Ano 24, n° 28
Revista Veja São Paulo – Ano 27, n° 22
Revista Afinal – Ano 1985, n° 61 – Angélica de Moraes
Revista Afinal – Ano 1986, n° 99 - Angélica de Moraes
Revista Afinal – Ano 1987, n° 139 – Angélica de Moraes
Revista Isto É – Ano 1987, n° 540
Revista Exame – Ano 9, n° 559 – João Cândido Galvão
Revista Visão – Ano XXXI, n° 43
Revista Visão – Ano 1987, n° 18 – Alberto Beuttenmuller
Revista Visão – Ano 1988, n° 35 – Alberto Beuttenmuller

BIBLIOGRAFIA SOBRE O ARTISTA
PIETA, Marilene Burtet. A Modernidade da Pintura no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Sagra – DC Luzzatto, 1995.
KERN, Maria Lucia / ZIELINSKY, Mônica / CATTINI, Icléa Borsa. Espaços do Corpo – Porto Alegre: Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul / PPGAV – IA – UFRGS, 1995.

TEXTOS EM CATÁLOGOS
Carlos Scarini
Décio Presser
Olívio Tavares de Araújo
Alberto Beuttenmuller
Ivo Zanini
Angélica de Moraes
Paulo Gomes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eduardo Vieira da Cunha
Porto Alegre, RS.

FORMAÇÃO
1997 - Doutorado na Université de Paris-I Panthéon-Sorbonne
1988/90 - Master of Fine Arts - City Univ. de New York
1974/83 - Bacharelado em Artes Plásticas UFRGS

PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES INDIVIDUAIS
1999 - Galeria Leonardo- Paris - França
1998 - Espaço de Arte Alto da Bronze- Porto Alegre - RS
1997 - Galeria Gestual- Porto Alegre - RS
1996 - Galeria Cezar Prestes- Porto Alegre - RS
1993 - Galeria Bolsa de Arte- Porto Alegre - RS
1991 - Galeria Bolsa de Arte- Porto Alegre - RS
1990 - Westbeth Gallery- New York - NY
1989 - Brooklyn College Gallery- New York - NY

EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL
- Docência em pós-graduação. Participante como Docente do Mestrado em Artes Visuais da UFRGS, na área de fotografia, desenho e pintura, desde 1991. Co-orientador de projetos de dissertação de mestrado na área de fotografia.
- Docência em graduação – orientador de projetos de graduação e docente das disciplinas de Fotografia, Pintura, Desenho, Gravura e Percepção desde 1985, no Depatrtamento de Artes Visuais – UFRGS.
- Jornalista profissional, filiado à Federação Internacional de Jornalistas e à Federação Nacional de Jornalistas Profissionais. Trabalhou de 1979 a 1986 na sucursal sul do jornal o Globo, do Rio de Janeiro. Desde 1992, vem colaborando com duas ilustrações semanais para o jornal Zero Hora, editoria do segundo caderno.
- Museólogo, filiado à Associação Gaúcha de Museologia. Trabalhou de 1975 a 1987 como Assistente Técnico do Museu de Arte do Rio Grande do Sul.